7 melhores séries sobre tecnologia na Netflix e Amazon Prime

As séries e filmes sobre tecnologia estão cada vez mais presentes em serviços de streaming populares, entre eles a Amazom Prime e o Netflix. São ótimas histórias, a prova disso, é a aclamada série Mr. Robot que em 2016 levou o prêmio de melhor série dramática. A produção bateu Game of Thrones, Empire, Narcos e Outlander.

Se você também é apaixonado por tecnologia e informática, confira a lista que criamos com as melhores séries sobre tecnologia logo abaixo. Mas antes de conferir a nossa lista, não esqueça de olhar esses artigos onde mostramos também os 10 melhores documentários sobre segurança e hacker e 10 documentários que todo profissional de TI deveria ver.

Melhores séries sobre tecnologia

1. Mr Robot

Se você é apaixonado pela área de segurança da informação e é um hacker ético, você  assim como nós vai se apaixonar por essa série fantástica. É estrelada por Rami Malek como Elliot Alderson, um engenheiro de cibersegurança e hacker que sofre de transtorno de ansiedade social e depressão clínica. Elliot se vê numa encruzilhada quando o líder MR Robot (Christian Slater) de um misterioso grupo de hackers o recruta para destruir a empresa que ele é pago para proteger. Motivado pelas suas crenças pessoais, ele luta para resistir à chance de destruir os CEOs da multinacional que ele acredita estarem controlando e destruindo o mundo. Mr robot é uma série que é bem dirigida, para se ter uma ideia, os comandos usados nas cenas de invasões são reais. A empresa contratou um grupo de especialistas em segurança  para dar todo o suporte. Essa é a primeira série de nossa lista.

2. Silicon Valley

Silicon Valley  conta a história de seis programadores que tentam construir uma carreira bem sucedida no Vale do Silício, Califórnia. A série teve sua estreia em 06 de abril de 2014 nos Estados Unidos pela HBO, e no dia seguinte no Brasil, pela mesma emissora.

A primeira temporada conta com oito episódios de em média 30 minutos cada. A série foi bem aclamada pela crítica especializada e público, conseguindo 84/100 no Metacritic após o lançamento do terceiro episódio. Richard é um programador que desenvolve um algoritmo inovador na compressão de arquivos, que conforme a evolução da história ele sofre com um dilema entre vender sua criação para Gavin Belson (CEO da fictícia empresa Hooli) ou construir uma grande companhia startup com a ajuda do bilionário investidor Peter Gregory.

A série mostra de uma forma satírica como é a vida no Vale do Silício e seus moradores, usando como uma das referências a experiência do criador da série Mike Judge quando trabalhou no Vale no final dos anos 80, como engenheiro de testes para a Parallax.

3. Westworld

Westworld é uma série de televisão americana desenvolvida por Jonathan Nolan e Lisa Joy, e transmitida pela emissora HBO desde 2 de outubro de 2016. A história se passa em Westworld, um parque temático tecnologicamente avançado que simula o Velho Oeste e é povoado por androides sintéticos apelidados de “anfitriões”, que atendem aos desejos dos ricos visitantes do parque (apelidados de “recém-chegados” pelos anfitriões e de “convidados” pela gerência do parque). Os visitantes podem fazer o que quiserem dentro do parque, sem seguirem regras ou leis e sem medo de retaliação por parte dos anfitriões.

4. Altered Carbon

No futuro, a sociedade se acostumou à prática da troca de corpos: após armazenar a consciência de uma pessoa, ela pode ser transferida a outra “capa”, podendo viver várias vidas. O mercenário Takeshi Kovacs (Joel Kinnaman) acorda após 250 anos em outro corpo. Além de se adaptar a esta situação e à nova sociedade, ele é contratado por um homem riquíssimo para descobrir o autor de seu próprio assassinato. Tak conta com a ajuda de uma policial mexicana, um ex-militar tentando ajudar sua filha e um robô equipado com inteligência artificial.

5. Black Mirror

Black Mirror é uma série de televisão britânica antológica de ficção científica criada por Charlie Brooker e centrada em temas obscuros e satíricos que examinam a sociedade moderna, particularmente a respeito das consequências imprevistas das novas tecnologias. Os episódios são trabalhos autônomos, que geralmente se passam em um presente alternativo ou em um futuro próximo. A série foi transmitida pela primeira vez na emissora Channel 4, no Reino Unido, em dezembro de 2011.

Em setembro de 2015, a Netflix comprou a série, encomendando uma terceira temporada de 12 episódios, no entanto, os episódios encomendados foram divididos em duas temporadas de seis episódios; a quarta temporada foi lançada na Netflix em 29 de dezembro de 2017. Em 5 de março de 2018, a Netflix confirmou a quinta temporada da série, ainda sem data de estreia.

6. Halt and Catch Fire

Ambientada no início da década de 1980, a série conta a história da evolução do computador pessoal através dos olhos dos visionários que enfrentavam as corporações da época. A parceria pessoal e profissional deles será desafiada pelo orgulho e pelo progresso enquanto buscam mudar a visão de mercado nas pradarias do Vale do Silício.

7. The IT Crowd

The IT crowd se passa nos escritórios das indústrias Reynholm, uma corporação britânica fictícia localizada no centro de Londres. A série se concentra nas travessuras de uma equipe de suporte técnico, o IT (IT do inglês information technology) formada de três pessoas, Roy (chris O’Dowd), Maurice Moss (Richard Ayoade) e Jen Barber (Katherine Parkinson) os quais, vivem em um imundo e desmantelado porão, embora o resto da organização presencie uma arquitetura de forte e brilhante contraste moderno, com visões deslumbrantes de Londres.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este Site usa cookies e banners. Ao continuar você confirma que aceita os termos e está ciente. Aceitar Leia Mais

Privacidade e Cokkies